Como lavar e conservar suas peças de Crochê – Casas Franklin – Três Rios, Angra dos Reis, Barra do Piraí

Para você que curtiu a nossa super oferta de capas para almofadas de Crochê, vamos dar dicas especiais de como manter a qualidade dos fios com todo cuidado e carinho para que as suas peças de crochê fiquem sempre em perfeitas condições e lindas.

 Lavar crochê tem lá seus truques, principalmente porque os fios que usamos por aqui tem alta porcentagem de fibras sintéticas o que muitas vezes ocasiona a formação de bolinhas e de modo geral não são tratados durante a sua fabricação para enfrentarem a máquina de lavar sem alguns cuidados.

Image

 Se vocês não são dados a baldes e bacias, ou se preferem mandar seus crochês para a lavanderia, ótimo. Mas se não for este o caso, vejam algumas dicas para lavar seu crochê sem grandes mistérios:

 Antes de molhar as peças, veja se não há manchas: se houver, utilize um produto tira manchas (que não contenha cloro) aplicado na peça ainda seca (não esqueça de fazer um teste para ver se a cor não vai desbotar).

 Se suas artes estão cheias de bolinhas, com aquele ar de ‘coisa velha’ use alguns ‘aparatos’ que tem à mão para resgatar a beleza dos seus trabalhos. Para remover pelos e bolinhas já ‘meio soltas’providencie uma luva de borracha (sim, aquela luva de borracha que você usa para fazer limpeza ou lavar louça), estique bem a peça sobre uma superfície firme e ‘penteie’ toda a peça, primeiro no sentido contrário àquele que foi tecido e depois no sentido do trabalho. Evite usar aparelhos de barbear porque sem querer você pode cortar algum fio que esteja meio saliente.

 Se você dispuser de um ‘papa- bolinhas’ antes de usá-lo faça uma checagem na superfície da peça para ver se não há fios salientes ou repuxados. Se houver, com o auxílio de uma agulha de crochê bem fina, puxe o fio repuxado para o avesso e prenda esta sobras com um leve cerzido feito com agulha e linha para costura. Use a luva de borracha e depois o “papa-bolinhas”. O resultado será surpreendente!

  Lave as peças se possível à mão e com um sabão líquido ou em pó próprios para roupas delicadas. Mergulhe-as na solução de água e sabão por no máximo 15 minutos, agite um pouco a peça para a sujeira se soltar. Enxágue bem para remove todo o sabão. Dê uma última enxaguada numa mistura de água com algumas gotinhas de vinagre branco (ou de maçã) e um pouquinho de amaciante. Retire o excesso de água com uma toalha e coloque para secar na horizontal, num local bem ventilado, sem a incidência de sol direto.

 Se você possui máquina de lavar que tem um ciclo de lavagem para roupas delicadas, coloque seu crochê dentro de um saquinho próprio para lavar lingerie e lave como descrito anteriormente. Só não deixe centrifugar o ciclo completo. Não misture suas artes com toalhas ou outros tipos de tecidos que por ventura soltem fiapos ou ‘poeira’.

 Procure lavar suas peças sempre em água morna, quase fria

 Se as peças forem da cor branca ou cru, deixe-as de molho por meia hora numa solução de 1 colher se sopa de bicarbonato de sódio para 5 litros de água. Enxágue bem antes de prosseguir a lavagem com o sabão neutro. Isso evita o ‘amarelado’ da peça.

 Depois que as peças lavadas estiverem completamente secas, dobre-as com cuidado e guarde em saquinhos de TNT (tecido não tecido) de preferência de cor azul. (Quanto mais escuro o azul, mais sua peça estará protegida de eventuais amarelados (no caso das cores claras). Feche os saquinhos com fita crepe. Nunca pendure suas artes em cabides, pois elas podem deformar. Se tiver espaço para armazenagem, ao invés de dobrar, enrole a peça e guarde dentro dos saquinhos de TNT.

  Se o local onde você guarda suas roupas está sujeito a umidade ou mofo, coloque dispositivos ‘caça- mofo’espalhados dentro do armário ou gavetas. Na falta do ‘caça-mofo’, compre um pouquinho de cal virgem em lojas de materiais de construção, coloque algumas pedrinhas dentro de um potinho plástico sem tampa e prenda um pedaço de filtro de papel (coador de café) na borda do pote com fita crepe. Faça alguns furinhos no papel.

 Espalhe sabonetes bem perfumados nos locais onde guarda suas artes. Não precisa tirar da embalagem. Basta fazer vários furinhos com um alfinete. Se você não gostar de cheiros artificiais, faça pequenos sachês com cravos da índia ou flores de lavanda desidratadas e distribua nestes locais. Para fazer os saches use compressas de gaze amarradas com fitinhas ou mesmo pedaços de fio coloridos. Ficam super bonitinhos.

 Seguindo direitinho essas dicas de lavagem e conservação suas obras terão vida longa e você poderá usar suas peças de crochê por muito tempo.

Ainda não conhece a nossa capa de almofada de crochê? Clique aqui!

Continue nos acompanhando pelo FacebookTwitterDihitt!

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s